Seu navegador tentou rodar um script com erro ou não há suporte para script cliente
Mapa do site
Início do conteúdo
Home > Reportagens > Procurador-Geral Adjunto explica a natureza da ação ajuizada no STF
RSS
fachada predio PGE na Capital
Supremo Tribunal Federal dá 48 horas para União analisar bloqueios das contas do RS - Foto: divulgação
Publicação:

Procurador-Geral Adjunto explica a natureza da ação ajuizada no STF

Supremo Tribunal Federal dá 48 horas para União analisar bloqueios das contas do RS. Segundo o Procurador-Geral Adjunto da Procuradoria-geral do estado (PGE), Leandro de Sampaio, isso demonstra a preocupação do STF com a Ação Cautelar interposta pela PGE. Segundo ele, o Estado hoje tem um perfil bem diferente em relação a 1997 e atualmente se transformou em um prestador de direitos sociais. O Procurador explica a natureza da ação ajuizada pela PGE. Se o Estado não tiver sucesso nessa ação, a PGE deve ingressar com uma nova ação.

 

Ouça Aqui

Endereço da página:
Copiar
Fundação Piratini - Rádio e Televisão - TVE e FM Cultura